Arquivo

Archive for the ‘40. Mateus’ Category

Uns trabalham enquanto outros dormem

16 \16\UTC agosto \16\UTC 2011 1 comentário

Muitos são chamados, mas poucos os escolhidos

4 \04\UTC agosto \04\UTC 2011 3 comentários

Por que muitos são chamados, mas poucos os escolhidos. Mateus 22:14

Feliz na multidão

Por muito tempo eu não entendi o sentido real desse versículo. Me questionava: como assim, muitos são chamados? Por que a realidade que eu vivia, antes da conversão, me mostrava que crente era minoria. Que eram poucos chamados e poucos escolhidos. Por que eu era minoria entre os meus “amigos”, colegas e até família.

Algum tempo depois comecei a notar que ser crente era moda e que realmente a minoria havia aumentado de forma que agora eramos mais numerosos. Agora estamos lotando igrejas, buscando benção pra nós. E aí comecei a me questionar novamente: como assim, poucos são escolhidos? Claro, por que eu achava que todos os chamados eram escolhidos. Daí comecei a amadurecer e percebi que existem pessoas nas igrejas que estão ali meramente pra ocupar espaço (ou as vezes nem isso). Pra elas tanto faz se a água correr pra cima ou pra baixo. Se existe perseguição ou não. Estão “frequentando” a igreja sem se preocupar com o verdadeiro trabalho de Deus.

Muitos comparam a igreja à um hospital, onde você vai pra receber tratamento e sair com a saúde restabelecida. Sim, a igreja é isso. Mas muito mais, é uma casa de oração e adoração onde você vai, não só pra se sentir melhor, mas pra ter mais intimidade com o verdadeiro Deus supremo, criador de todas as coisas. O que você busca na igreja? Intimidade com Deus ou tratamento de suas feridas? E o que você é dentro e fora da igreja? Um chamado ou um escolhido?

E as portas do inferno não prevalecerão contra nós

28 \28\UTC julho \28\UTC 2011 3 comentários

E as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Mateus 16:18b

Estamos em guerra

Quanto você lê este versículo de Mateus, o que você imagina que Jesus quis dizer a Pedro? Você pode pensar que a igreja é forte para resistir às portas do inferno. Ou que o inferno pode avançar sobre a igreja que nós, bravamente, vamos resistir, por intermédio do poder que o próprio Deus nos deu. Se você pensa assim, lamento informar, você está redondamente enganado.

Esse é mais um versículo onde Deus diz à igreja: seja ativa, se mexa, saia do lugar, marche, faça, avance, siga em frente, guerreie. Ao contrário do que muitos pensam: resista, se defenda, etc, etc. O que Deus quer de nós é que avancemos intrepidamente contra as portas do inferno e não que, resistamos ao avanço das portas do inferno. Ele requer de nós uma atitude ativa, e não passiva, diante dos problemas do mundo moderno.

Lembre-se, ser cristão é muito mais do que esperar no seu cantinho e agir reativamente ao que os outros dizem ou fazem. É muito mais do que esperar o outro cair pra apontar o dedo e dizer que ele errou. Ser cristão é pregar o evangelho, levar a boa nova de vida eterna, é adorar a Deus com tudo o que você tem: suas palavras, seus gestos, sua vida. Vencendo segundo após segundo. Quando você conseguir fazer isso, tenha certeza que está lutando o bom combate.

É difícil? Sim. Mas você, com a ajuda do Espirito Santo, vai conseguir. Disponha-te e faça. Vamos lá então?

Categorias:40. Mateus Tags:, ,

O amor de muitos se esfriará

25 \25\UTC julho \25\UTC 2011 7 comentários

E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará. Mateus 24:12

Murro em ponta de faca

Você já se dispôs a fazer alguma coisa, um trabalho em prol do reino de Deus e, algum tempo depois, viu que não estava tendo o resultado esperado e começou a desanimar? Não é nada fácil pregar o evangelho, levar as boas novas de salvação para um mundo que está no maligno (1 João 5:19). Parece que você está dando murro em ponta de faca, e está falando pra pessoas que não querem te ouvir. É essa impressão que você tem? Lamento te informar que não é apenas impressão, é exatamente isso que está acontecendo.

Mateus diz que o amor de muitos se esfriaria e nós vivemos num tempo que tem sido difícil pregar para os próprios crentes, quanto mais para pessoas não crentes. Moisés precisou falar à faraó por mais de dez vezes para que ele ouvisse e libertasse o povo de Deus e, ainda assim, após a libertação ouve perseguição e morte. Por que nós queremos ser imediatistas, exigindo resultados rápidos? Temos de ter paciência e ter a certeza de que os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre (Salmos 125:1).

Então, prezado soldado, não desanime na primeira tentativa, não desanime na segunda, não desanime na milésima, enfim, nunca desanime pois, ainda que você pregue pra mil e nenhum se converta, fique tranquilo pois você deve plantar a semente, o crescimento não vem de você, vem de Deus. Não fique triste e não pense que a obra não foi feita só por que ninguém se converteu. Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará (Salmos 37:5).

Categorias:40. Mateus Tags:, , ,

Como devo ajudar ao próximo?

22 \22\UTC julho \22\UTC 2011 2 comentários

Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Mateus 25:35

Ore e se disponha

Alguém, que estava passando por um problema, já te pediu ajuda? Talvez um parente, um amigo, um irmão da igreja ou um colega de escola, do trabalho, enfim, alguém que você conheça. Uma pessoa que estava passando por um problema financeiro, amoroso, algum conflito na família, ou qualquer outra situação na qual precisasse de ajuda. Provavelmente alguém já deve ter te procurado pedindo ajuda, se nunca procuraram, pode ter certeza, algum dia procurarão.

E como você deve agir diante dessa situação? Nós, cristãos, temos a mania de querer resolver tudo com um simples “Eu estou orando por você”. A oração é importante sim, afinal de contas, é através dela que conversamos com Deus e expomos à Ele todas as vontades do nosso coração. Mas será que isso é o suficiente ou dizemos isso por mera comodidade ou egoísmo? Claro, por que orar é muito mais fácil do que emprestar dinheiro (ou mesmo dar), fazer uma visita à alguém enfermo, passar noites num hospital, etc, etc. Mas lembre-se: o que você faz fala mais do que suas palavras.

A fé sem obras é morta, conforme dito em Tiago 2, por isso, quando alguém te pedir ajuda, ore, mas mais do que isso, se disponha no que ela precisar. Haja, não fique apenas na teoria, não durma durante o serviço à Deus. Todo pedido de ajuda que os apóstolos e discípulos recebiam era respondido com uma ação. Quantos enfermos foram curados naquela época? Quantos foram amparados? Quantos tiveram fome e sede e foram saciados? E nós temos ajudado ou estamos só orando?

Categorias:40. Mateus Tags:, ,