Início > 19. Salmos > Nós não estamos sozinhos

Nós não estamos sozinhos

17 \17\UTC agosto \17\UTC 2011 Deixe um comentário Go to comments

Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo; Salmos 23:4a

Pegadas na areia

Quantas vezes você se sentiu sozinho, dando murro em ponta de faca, correndo atrás de um objetivo que parecia só seu? Procurando apoio e não encontrando. Tentando fazer e não conseguindo. Parece que os muros se agigantam, as barreiras são maiores do que a sua força e você se rende, e declara a guerra como perdida. Você não lutou o bom combate, não completou a carreira, não guardou a fé.

Isso aconteceu por que você não confiou em Deus, não entregou o seu caminho à Ele, não creu que Ele podia fazer muito mais do que pedimos ou pensamos. Você está duvidando d’Ele e é mais fácil confiar nas suas forças do que nas d’Ele.

É assim que você tem passado pelos vales da sombra da morte? Achando que está sozinho? Abandonado? Largado por Deus? Acha que Ele te abandonou? NÃO, Ele não te abandonou, sempre esteve ao seu lado, você é que não confiou plenamente n’Ele e não permitiu que Ele agisse na sua vida.

Conta-se a seguinte estória.

Uma noite eu tive um sonho…

Sonhei que estava andando na praia com o Senhor e através do céu, passavam cenas da minha vida.

Para cada cena que passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia: um era meu e o outro era do Senhor.

Quando a última cena passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia.

Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver. Isso me aborreceu deveras e perguntei então ao Senhor:

– Senhor, Tu me disseste que, uma vez que resolvi te seguir, Tu andarias sempre comigo, em todo o caminho. Contudo, notei que durante as maiores atribulações do meu viver, havia apenas um par de pegadas na areia. Não compreendo porque nas horas em que eu mais necessitava de Ti, Tu me deixaste sozinho.

O Senhor me respondeu:

– Meu querido filho. Jamais eu te deixaria nas horas de provas e de sofrimento. Quando viste, na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas. Foi exatamente aí que eu te carreguei nos braços.

*Do livro “Pegadas na areia” – Margareth Fishback Powers – Ed.Fundamento

E então? Você continua achando que o único par de pegadas na areia é seu?

Anúncios
Categorias:19. Salmos Tags:, , ,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s